Padre Inaldo acusou população de furto de paralelepípedos, diz Fábio Henrique

Postado em - 2 de dezembro de 2019 - 19:30 - Sem Comentários

Por Daniel Villas-Bôas, da Redação D3 Notícias

Nesta segunda-feira, 2 de dezembro, ao fazer uso do Twitter, Fábio Henrique (PDT), ex-prefeito de Socorro (SE) e atual deputado federal, voltou a tecer críticas ao seu opositor político e atual gestor da cidade, padre Inaldo (PC do B).

Ocorre que ao conceder uma entrevista, Inaldo afirmou que a população de ter furtado paralelepípedos de uma obra que a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), fazia no Conjunto Parque dos Faróis.

Mostrando-se perplexo com as acusações do comunista, Fábio prestou solidariedade ao povo e chamou o padre de mentiroso, tendo em vista, que ao contrário do que é propagado pela atual administração, existia dinheiro em caixa para que as obras do Novo Horizonte fossem feitas, mas essa deixou os recursos parados por três anos. “No auge do seu desespero, prefeito de Socorro mente, disse que deixamos 10 milhões na conta do Novo Horizonte, foram mais de 12 milhões, conforme extrato de 2016. O dinheiro passou três anos parado, como 2020 é ano de eleições, resolveram concluir a obra”, escreveu o pededista

Por fim, Fábio Henrique deixa subtendido que Padre Inaldo pode estar incorrendo em crime de improbidade administrativa mediante superfaturamento para execução do serviço de limpeza urbana da cidade.

Por fim, Fábio Henrique deixa subtendido possíveis irregularidades cometidas pelo Padre no tocante a pagamentos milionários, do ano de 2017, para a empresa que coleta lixo em Socorro.

Deixe seu comentário!

Para: Padre Inaldo acusou população de furto de paralelepípedos, diz Fábio Henrique


As mais visualizadas