Bolsonaro na ONU: “É falácia que o Brasil não proteja o meio ambiente”

0
268 views

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) classificou como “falácia” o discurso de que a Amazônia esteja sendo destruída pelo seu governo. Em seu discurso na abertura da 74ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), cujo tema é “Reunir esforços multilaterais para erradicação da pobreza, educação de qualidade, ações climáticas e inclusão”, o presidente brasileiro disparou contra a França, mesmo sem citar o nome do país ou do seu presidente, Emmanuel Macrón, que antagonizou com Bolsonaro ao longo da crise gerada pelo aumento dos incêndios na região da Amazônia.

“Clima seco favorece queimadas espontâneas e criminosas”, argumentou. “Problemas qualquer país os tem. Os ataques sensacionalistas que sofremos por grande parte da mídia internacional despertaram o nosso sentimento patriota. É falácia dizer que a Amazônia é de propriedade internacional”, prosseguiu.

Mesmo diante da recente crise envolvendo os incêndios na Amazônia, o presidente Jair Bolsonaro disse, em seu discurso, que o Brasil é referência mundial na preservação do meio ambiente. “Em primeiro lugar, meu governo tem o compromisso solene com o meio ambiente e com o desenvolvimento sustentável”, afirmou. “Nossa Amazônia é maior que toda a Europa Ocidental e permanece praticamente intocada, prova que somos um dos países que mais protegem o meio ambiente”, prosseguiu.

Bolsonaro, mesmo sem citar o nome do presidente francês, Emmanuel Macron, disparou contra o líder europeu. “Um país, ao invés de ajudar, embarcou nas mentiras da mídia e se portou de forma despropositada e colonialista”, atacou. “Um deles, por ocasião do encontro do G7 ousou sugerir sanções ao Brasil sem sequer nos ouvir. Agradeço os que não aceitaram levar adiante essa absurda proposta”, afirmou. “Respeito a liberdade e soberania de cada um de nós”.

Veja a apresentação:

Oitavo presidente
Bolsonaro foi o oitavo presidente brasileiro a discursar na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). O tema deste ano é “Reunir esforços multilaterais para erradicação da pobreza, educação de qualidade, ações climáticas e inclusão”. Em 2016, Michel Temer fez o discurso de abertura e destacou o processo de impeachment, que tirou Dilma Rousseff do cargo e permitiu a sua ascensão. Segundo ele, o processo foi correto. Veja os presidentes que também discursaram na abertura da ONU e o que eles representaram:

  • Michel Temer (2016): falou sobre o impeachment
  • Dilma Rousseff (2011): primeira mulher a fazer o discurso de abertura da Assembleia
  • Lula (2009): destacou as reações do Brasil à crise global de 2008
  • Fernando Henrique (2001): prestou solidariedade aos americanos após o 11 de setembro
  • Fernando Collor (1990): destacou a dificuldade da América Latina em vencer a dívida externa
  • José Sarney (1985): Primeiro presidente após a ditadura a discursar na ONU
  • João Figueiredo (1982): Primeiro presidente brasileiro a falar na Assembleia Geral em toda a história

“Bom homem”
O mandatário dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na manhã de segunda-feira (23/09/2019), ao chegar na sede da ONU, que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) “é um bom homem”, mas não confirmou se vai se encontrar com o brasileiro.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fala durante encontro com o presidente da Polônia, Andrzej Duda, no hotel InterContinental Barclay, em Nova York, nessa segunda-feira (23/09/2019). Trump afirmou na manhã de hoje que o presidente Jair Bolsonaro “é um bom homem”, mas não confirmou se irá se encontrar com o brasileiro. O líder americano fez a observação sobre Bolsonaro ao deixar reunião dentro da Organização das Nações Unidas (ONU) e ser questionado por duas jornalistas brasileiras.

O chefe de Estado norte-americano fez a observação sobre titular do Palácio do Planalto ao deixar reunião dentro da Organização das Nações Unidas (ONU) e ser questionado por duas jornalistas brasileiras acerca de possível encontro com Bolsonaro em Nova York.

O presidente do Brasil desembarcou na tarde de segunda na cidade. O discurso de Bolsonaro marcou a abertura da 74ª Assembleia Geral da ONU.

Fonte: Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui