Capela: Justiça determina afastamento de Adaltro Sukita da Câmara de Vereadores

0
219 views

Por Daniel Villas-Bôas, da Redação D3 Notícias

divulgação

Denunciado pelo Ministério Público do Estado de Sergipe por sacar um cheque para pagar um jantar que nunca existiu, o vereador e ex-presidente da Câmara de Capela, José Adaltro Santos, irmão do ex-prefeito Manoel Messias Sukita, deve ser afastado do cargo.

A decisão é da juíza Cláudia do Espírito Santo, da comarca de Capela (SE) e atinge também, Cleomarques Carlos Santos, assessor parlamentar na Câmara Municipal.

O caso foi registrado em 2017 e segundo nota fiscal emitida à época, 130 pessoas teriam participado do jantar fictício onde foram servidos 75 garrafas de refrigerantes dois litros, 200 garrafas de 500 ml de água mineral e três mil salgadinhos.

Adaltro e Cleomarques são acusados de associação criminosa, falsificação de documentos públicos e fraude à licitação. Sobre Cleomarques ainda há a acusação de Peculato Culposo.

Conforme apurado pelo MP, o dano ao erário foi de R$ 7,9 mil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui