CPI de Brumadinho pede indiciamento de 13 funcionários da Vale e TÜV SÜD

0
243 views
Rescue crew work in a dam owned by Brazilian miner Vale SA that burst, in Brumadinho, Brazil January 25, 2019. REUTERS/Washington Alves

Aprovado por unanimidade nesta quinta-feira (12) na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Barragem de Brumadinho pediu o indiciamento de 11 funcionários da mineradora Vale e dois engenheiros da empresa alemã TÜV SÜD, que atestou a segurança da estrutura apenas quatro meses antes do rompimento.

“Foi um crime, crime doloso, com dolo eventual, e cabe à CPI apresentar a sugestão de indiciamento”, declarou o deputado André Quintão (PT), relator do colegiado.

Entre os funcionários da mineradora citados no relatório da CPI, estão diretores, gerentes e o então diretor-presidente da companhia, Fábio Schvartsman.

Além do crime de homicídio com dolo eventual, a comissão pede que essas 13 pessoas respondam por lesão corporal e crime de dano, segundo o G1.

Conforme o relator, a Vale apresentou um laudo falso da Tüv Süd a órgãos públicos de licenciamento ambiental. Por este motivo, também foi solicitado que o Ministério Público aprofunde as investigações sobre a eventual prática de corrupção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui