Edvaldo diz que esse é o momento de todos se darem as mãos e evitar a guerra de egos

0
155 views

O prefeito Edvaldo Nogueira fez novo apelo, nesta sexta-feira, 15, pela união de esforços em Aracaju para o enfrentamento ao coronavírus. Em entrevista à TV Sergipe, o gestor da capital destacou que o momento “exige o envolvimento de todos os órgãos e que não pode ser combatido apenas por um setor”. Durante a sua participação, Edvaldo também confirmou a sua sorologia positiva para covid-19, mas frisou que está assintomático e permanece trabalhando, em sua residência.

“É hora de darmos as mãos. Nos locais em que o poder público, entidades e iniciativa privada tiveram essa iniciativa, os resultados foram melhores. Cito como exemplo Portugal, que já está saindo do confinamento, justamente porque o presidente da República, ministros, Câmara de Deputados, prefeitos, inclusive a própria oposição, trabalharam juntos, estabelecendo e votando medidas restritivas para o fechamento das atividades.  Esta compreensão é necessária em nosso país”, destacou.

O prefeito prosseguiu: “Não há ninguém contra ninguém. Não é o bem contra o mal, a direita contra a esquerda. O coronavírus não tem partido, religião, idade, sexo, classe social e nem cor. Olhem o meu caso. Cumpri todas as regras e fui infectado, então precisamos nos unir. Tem gente que está transformando esse debate em uma guerra de egos e isso não pode acontecer. Temos que ficar juntos. A Prefeitura tem feito um grande trabalho, mas precisa fazer mais, e, para isso, necessita de ajuda. Só assim venceremos a guerra. Como sou otimista, acredito que vamos conseguir”, reiterou.

Edvaldo também agradeceu o apoio dos órgãos fiscalizadores e das entidades médicas no combate ao vírus. “Quero aproveitar para agradecer ao Ministério Público, por exemplo, que tem colaborado nesse enfrentamento, assim como também quero agradecer as entidades médicas, conselhos regionais, que vem dando grande contribuição ao nosso trabalho. Temos feito reuniões semanais, por videoconferência, e nelas todos colocam boas ideias que têm ajudado no combate”, enfatizou.

Transparência

De forma transparente, o prefeito que já havia anunciado através das suas redes sociais ter testado positivo para o novo coronavírus, também explicou como seu deu a sua contaminação. Edvaldo garantiu que está clinicamente bem, mas ressaltou que permanece em isolamento domiciliar, como recomenda os órgãos de Saúde. “Apresentei tosse no início do mês, fiz dois exames que deram negativo, mas como minha enteada testou positivo, fiz novamente o exame e, desta vez, deu positivo. Estou bem, mas no isolamento, em casa, de onde sigo atuando, por telefone e videoconferência, com os secretários e adotando as medidas necessárias para combater o vírus em nossa capital”, relatou.

O gestor também demonstrou preocupação com as aglomerações recorrentes na capital. Ele destacou a intensificação do trabalho que vem sendo realizado pelos órgãos municipais, em diversos bairros da cidade, e reiterou que, a partir da próxima segunda-feira, 18, a ação será reforçada nas áreas próximas às agências da Caixa Econômica Federal, em virtude do pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial.

“Ainda não é o momento para afrouxamento das medidas. O distanciamento social é extremamente necessário para que o vírus não se propague e a população precisa nos ajudar. Ainda há grandes aglomerações nas ruas, mesmo com a fiscalização que a Prefeitura tem realizado. Por isso vamos intensificar cada vez mais. Na próxima segunda-feira, por exemplo, atuaremos de maneira efetiva nas regiões próximas às agências da Caixa Econômica porque a instituição voltará a pagar o auxílio emergencial. Já pintamos as ruas próximas para indicar o distanciamento necessário entre as pessoas, mas ainda assim adotaremos novas medidas. Buscaremos, inclusive, uma parceria com a Caixa Econômica para essa atuação mais incisiva”, salientou.

Fonte: PMA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui