Facebook sofre reivindicações para proteger dados pessoais dos usuários

0
212 views
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasi

As redes sociais Facebook e Google estão envolvidas em uma investigações de práticas anticompetitivas lançadas pelos Estados Unidos e também estão na mira das autoridades europeias, por ser considerados como ‘ameaça existencial’. De acordo com o criador da rede, Mark Zuckerberg, a empresa está pronta “ir para o combate” contra o fim do Facebook. Com informações da EXAME.

As reivindicações contra as gigantes das redes são referentes à proteção de dados pessoais no domínio do mercado publicitário. Mas o desmoronamento dessas empresas não reduzirá, por exemplo, o risco de interferência nas eleições, segundo chefe Mark Zuckerberg . Em vez disso, o oposto pode acontecer “porque as empresas não podem mais coordenar e trabalhar juntas”.

No Twitter, por exemplo, enfrenta os mesmos tipos de problemas que o Facebook, mas “nosso investimento em segurança é mais importante que sua cobrança”, afirmou o CEO da rede social.

Em uma série de perguntas dos participantes da reunião, Zuckerberg também abordou o fato de não ter participado de uma audiência no parlamento britânico. “Quando os problemas surgiram com a Cambridge Analytica em 2018, eu apareci em audiências nos Estados Unidos, na União Europeia, mas seria tolice ir a todas as audiências nos países que querem me ver”, disse.

Fonte: Bahia.ba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui