IBGE Sergipe apresenta planejamento do Censo 2020 em Tribuna Livre na CMA

0
238 views

Nesta terça-feira, 8, os vereadores receberam técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, no Plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), onde foi realizada a Tribuna Livre de Planejamento e Acompanhamento do Censo Demográfico 2020. O Censo é realizado a cada dez anos e constitui um retrato extenso e profundo da população brasileira e das suas características socioeconômicas. Seus resultados servirão de base para o planejamento público e privado da próxima década.

A chefe da unidade estadual do IBGE Sergipe, Adriane Almeida do Sacramento, destacou que a última edição do Censo foi realizada em 2010, e o IBGE estima que, desde então, a população tenha aumentado em cerca de 10,4%. “O nosso objetivo principal é informar as autoridades e representantes da sociedade sobre o censo; reforçar a importância do censo para o planejamento público e privado; informar que os dados servirão como base para o Fundo de Participação dos Municípios-FPM; informar sobre como e quando será feito o trabalho em campo; chamar a sociedade para acompanhar as etapas do censo, com vistas a garantir a total cobertura do território e a qualidade dos dados coletados; e ajudar o IBGE na divulgação dos processos seletivos para a contratação das pessoas que irão trabalhar na coleta das informações”, pontuou a servidora.

Além de reafirmar a importância do fornecimento de dados corretos, Adriane Sacramento frisou que o instituto realiza as atividades com base nos limites municipais que constam em lei e através de aparelhos de GPS. “O trabalho que é desenvolvido pela equipe do IBGE é extremamente técnico e baseado nas informações fornecidas pela população. Agora, concluímos as atividades do Censo Agro, porém em 2020 faremos o Censo Populacional. Portanto, quero agradecer o espaço da Câmara para divulgar os dados estatísticos coletados, que farão a diferença para as comunidades rurais”, ressaltou.

Vereadores

Após a explanação da chefe da unidade estadual do IBGE Sergipe, os vereadores destacaram a importância do IBGE para a sociedade. Américo de Deus (Rede) ressaltou também que a população necessita colaborar mais com o fornecimento de informações. “Quero parabenizar o IBGE e dizer que este é um trabalho muito importante, desenvolvido om o objetivo de levar mais investimentos às comunidades rurais, nas três esferas de governo. Porém, nem sempre a população colabora, no que diz respeito às informações passadas aos recenseadores. A partir dos dados estatísticos do IBGE é que os governos montam o plano de investimento”, disse.

Camilo Lula (PT) destacou a importância da parceria entre o Governo do Estado, prefeituras e o IBGE para a realização do Censo. “Visando proporcionar uma visão melhor para os municípios, o IBGE propôs essa ideia, juntamente com o Estado, que terá um melhor georreferenciamento porque as pessoas procuram o Governo para implantar indústrias. Com isso, a gestão estadual terá uma noção melhor para implantar projetos e desenvolver determinadas regiões”, sustentou.

Já Elber Batalha (PSB), Emília Correa (Patriota) e Anderson de Tuca (PRTB) fizeram apelos para que a população receba os recenseadores, que serão identificados pelo IBGE, permitindo a coleta precisa de dados referentes à Aracaju. “O Censo tem a função de trazer esse conhecimento muito detalhado porque cada domicílio será visitado, permitindo um retrato claro de quem nós somos e de como estamos vivendo”, frisou Anderson de Tuca.

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui