Inmet emite aviso vermelho no DF por causa da baixa umidade: 10%

0
220 views

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta quinta-feira (5/9), um aviso vermelho para todo o Distrito Federal, devido a baixa umidade relativa do ar. Na quarta-feira (4/9), o índice de 8% bateu o recorde de 9% registardo em 29 de agosto de 2017, no Gama. A previsão para hoje é que o número chegue a 10% no período mais quente e seco do dia, entre 15h e 16h. A meteorologista Naiane Araújo explicou que o aviso vermelho é dado quando o nível da umidade fica abaixo dos 12%. Neste caso, as autoridades da Defesa Civil decidem sobre a adoção de medidas que evitem o desconforto para a saúde da população e também para ações de prevenção e combate às queimadas. Ela explicou que o fenômeno é causado por uma massa seca e quente que está estacionada na região central e deve permanecer por mais sete ou 10 dias. A meteorologista destacou que esse tipo de ocorrência, de temperatura elevada e baixa umidade, faz parte do padrão climático comum nesta época do ano no DF. Nesta quinta-feira (5/9), o DF completa 94 dias sem chuva. As precipitações devem começar a aparecer na segunda quinzena deste mês, ainda de forma fraca. Esta é uma das características do período de transição, quando a seca começa a ir embora dando lugar a estação mais chuvosa.  A autônoma Daylene Macêdo, 25 anos, não vê a hora da chuva voltar para aliviar a seca no DF. Durante o dia, ela bebe bastante água e alimentos frios para refrescar do calor. À noite, usa um umidificador no quarto para conseguir dormir. “Esse clima está bem complicado. A gente sente a falta de água no corpo e precisa repôr o tempo todo. A gente acaba sentindo dores musculares, na cabeça. Acontece até de o nariz sangrar. Nesse caso, tenho que abusar de remédios nasais”, contou.  Com informações da Agência Brasil  Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui