Isolamento social: Belivaldo assina novo decreto e impõe medidas mais restritivas

0
218 views

Por Daniel Villas-Bôas, da Redação D3 Notícias

Por meio do Decreto Governamental número 40.598, assinado na tarde desta quarta-feira, 18, no Palácio de Despachos, Belivaldo Chagas (PSD), anunciou novas medidas de prevenção ao contágio do Coronavírus (Covid-19).

Assim como em publicações anteriores, o dispositivo segue orientações técnicas e científicas; e leva em consideração o aumento do número de casos confirmados.

Conforme o chefe do Executivo, as medidas serão mais restritivas e as forças de segurança estarão fiscalizando o cumprimento das normativas.

O decreto também prevê sanções para descumprimento das medidas com advertência, multa e interdição, delegando ao Procon, PM, PC, Defesa Civil e CBM, a competência. “Esta semana será de grande trabalho extensivo de fiscalização, para o cumprimento efetivo do que está sendo posto no Decreto. Será uma ação dura, conjunta com a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de bombeiros e Guarda  Municipal, principalmente com relação aos 10 municípios que apresentam o maior número de casos no estado e, mais ainda, na Grande Aracaju. Porque se não voltarmos às taxas de isolamento aceitáveis na Grande Aracaju, vamos discutir a possibilidade de lockdown na região. Precisamos convencer as pessoas da importância do isolamento neste momento”, disse Belivaldo.

Assim, permanece suspenso, por tempo indeterminado, os eventos, reuniões de qualquer natureza, com aglomeração de pessoas, de caráter público ou privado, além da visitação a presídios. Também por tempo indeterminado,  continuam com funcionamento adaptado as repartições públicas, assim como o uso obrigatório de máscaras.

Já para as atividades econômicas organizadas para a produção ou a circulação de bens ou de serviços, incluindo o comércio em geral, academias, shopping centers, galerias, boutiques, clubes, boates, casas de espetáculos, salão de beleza, clínicas de estética, à exceção das atividades consideradas essenciais, a suspensão é até a próxima segunda-feira, 25.

Belivaldo pontuou também, que caberá a cada gestor municipal dispor sobre regras de circulação; rodízios de carros; proibição de estacionamentos; implantação de barreiras sanitárias; bem como, a decisão de decretar lockdown.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui