“Lula quer um palanque”, diz jurista Evaldo Campos

0
241 views

Por Daniel Villas-Bôas, da Redação D3 Notícias

Referência em se tratando de direito criminal no estado de Sergipe, o jurista Evaldo Campos é constantemente procurado para debater assuntos do cenário nacional.

Nesta terça-feira, 1° de outubro, ao conceder entrevista aos radialistas Mary Rodrigues e Eduardo Carvalho, âncoras do Jornal da Xodó em Rede, o professor universitário e procurador da República aposentado criticou a tentativa, segundo ele, de vitimização do ex-presidente Lula.

Ocorre que embora os procuradores da Operação Lava Jato tenham acenando que o petista deve ser beneficiado com a progressão de regime prisional, o ex-presidente que está detido na sede da Polícia Federal em Curitiba, já sinalizou “que não trocará sua dignidade pela liberdade”.

“O Lula quer um palanque. Ele tem que entender que é um condenado e não pode querer ditar regras. Ele quer dizer que é vítima de pedradas, quando na verdade ele não é homem de um só processo. Ele preenche os requisitos e os procuradores mostraram total isenção, ainda que tentem dizer que ele é um preso político”, alfinetou.

Pondo ainda mais polêmica ao assunto, Dr. Evaldo comentou que o líder político pode se valer do direito de seguir em regime fechado, muito embora, tal postura não seja comum. ” É facultado ao apenado a opção por um regime mais benéfico após o cumprimento de 1/6 da pena”, esclareceu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui