Márcio Macedo sobre relação do PT com Edvaldo: “Somos aliados e não puxa-saco”

0
229 views

Por Daniel Villas-Bôas, da Redação D3 Notícias

Vice-presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), fazendo uso do conhecimento de quem é biólogo por formação e criticou o presidente Jair Bolsonaro ( PSL), por tentar politizar um problema sem precedentes ao associar o vazamento de óleo que atingiu o Nordeste a Venezuela. “É preciso tratar o tema com maior seriedade  e não tem como esse ter chegado até o Nordeste sem passar pelo mares do Caribe, ou seja, é mais uma Fake News”, comentou.

Ainda dentro desta temática, Márcio que nesta quinta-feira, 10 de outubro, concedeu entrevista aos âncoras Eduardo Carvalho e Mary Rodrigues, criticou a Petrobras frente ao caso. ” A Petrobras procurou a todo momento mostrar não ter sido responsável pelo problema ambiental. Se comportou como uma empresa de mercado e não se preocupou com o Brasil”, pontuou.

Apontado que cada eleição tem uma história, Macedo que integra um partido que compõe as bases governistas em Aracaju e no Estado, rechaçou a ideia de subserviência em relação ao prefeito. ” Somos aliados e não puxa-saco. Tem uma discussão do diretório nacional de ter candidatura própria sobretudo nas capitais, e aqui em Aracaju tem um sentimento muito forte por isso. E um partido tão grande não pode passar tanto tempo fora do protagonismo”, encerrou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui