Maria do Carmo retira apoio à CPI da Lava Toga a mando de Alcolumbre

0
245 views

Davi Alcolumbre conseguiu convencer a senadora Maria do Carmo, do seu partido, o DEM, a retirar o apoio à terceira tentativa de criação da CPI da Lava Toga.

Ela tinha sido a única do partido a assinar o requerimento.

Agora, Alessandro Vieira, autor da CPI, corre atrás de pelo menos mais uma assinatura para apresentar a proposta. Ao mesmo tempo, Davi continua entrando em contato com signatários para tentar novas baixas.

Por meio de sua assessoria, a senadora afirmou que aderiu à CPI de forma equivocada, confira a nota na íntegra:

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM/SE) retirou sua assinatura em adesão à instalação da CPI da Lava Toga e considera que não é o momento de enfraquecimento das instituições democráticas, mas de concentração nas reformas essenciais, que estão tramitando no Congresso Nacional. Para ela, o momento é de harmonia entre os poderes e a urgência das reformas dispensa animosidades e clima de retaliações. A senadora equivocou-se quanto ao objetivo da CPI, quando da abordagem para a adesão, e está sendo coerente com a posição de distanciamento que tomou na primeira tentativa de instalação da mesma CPI. Ela esclarece que o Presidente do Senado, o senador Davi Alcolumbre, não pediu que retirasse sua assinatura, mas que esse distanciamento é uma posição adotada por todos os parlamentares da legenda, cujo foco principal está nas reformas.

Fonte: O Antagonista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui