Sergipe não aderiu ao Programa das Escolas Cívico-Militares do governo federal

0
207 views

Por Daniel Villas-Bôas, com informações da Agência Brasil

Conforme balanço divulgado nesta terça-feira,1º de outubro, pelo Ministério da Educação (MEC), quinze estados e o Distrito Federal aderiram ao modelo de escolas cívico-militares do governo federal. O prazo para manifestar interesse em participar do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares terminou na última sexta-feira (27).

O governo de Sergipe optou por não participar do programa. Conforme manifestação da Secretaria de Estado da Educação (Seduc),  a pauta de Escolas Cívico-Militares não estava inserida nas prioridades para este ano, uma vez que o foco tem sido metas do plano estadual de educação.

No Nordeste, apenas o Ceará mostrou-se favorável à proposta. No Sudeste apenas Minas Gerais e nas regiões Centro-Oeste, Sul e Norte , todos os estados aderiram a programa.

Na avaliação de Abraham Weintraub, ministro da Educação, a adesão “foi muito boa. Estamos animados e vamos começar o projeto”. Ele lembra que essa é uma das bandeiras presentes no programa de governo do presidente Jair Bolsonaro. “Agora está sendo implementado”.

O modelo chegará, em 2020, a 54 escolas. O objetivo é selecionar duas instituições de ensino em cada estado.

Entre os dias 4 e 11 de outubro, as prefeituras deverão solicitar participação. Podem solicitar a participação, inclusive os municípios em estados que não aderiram ao programa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui